Rua João Pedro de Souza,73 - Jardim Monte Líbano - Campo Grande / MS

(67) 3028-2533

ampliar

A exposição “Veículo Elétrico Latino-Americano” vai acontecer nos dias 23 (quinta-feira), 24 (sexta-feira) e 25 (sábado), na Praça Charles Miller, no Pacaembu, das 12h às 20h. Será um encontro aberto, seguro, seguindo rigorosamente as determinações da Prefeitura para realização de eventos na capital. Junto da feira, nos dias 22, 23 e 24, vai acontecer em paralelo, dentro do Estádio do Pacaembu, o “Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos” (C-MOVE) com a presença de 130 especialistas, incluindo os Secretários Municipais Ricardo Teixeira e César Azevedo.

Em sua 16ª edição, o “Veículo Elétrico Latino-Americano” é a mais importante e tradicional exposição brasileira sobre o mercado da eletromobilidade no País, reunindo fabricantes e importadores de diferentes veículos eletrificados, produtos e tecnologias desse segmento.

“Esse evento vai marcar a união do mercado brasileiro da eletromobilidade, mostrando tendências e caminhos que vão nortear essa área daqui para frente e contribuir para o seu desenvolvimento”, afirma Ricardo Guggisberg, fundador do “Veículo Elétrico Latino-Americano” e presidente do Instituto Brasileiro de Mobilidade Sustentável (IBMS), uma das entidades que apóiam o evento.

Entre os participantes, estarão montadoras de automóveis, como Nissan, Fiat, Peugeot e BYD, o representante brasileiro da Tesla, marcas de motocicletas como Bull Motors e Shineray, locadoras de veículos elétricos como Unidas, Movida e Lease Plan, empresas especializadas em carregamento de veículos elétricos como Zletric, Power2go e Electric Mobility Brasil, novos patinetes elétrico feitos no Brasil (da Davinci Micromobilidade), fornecedores de bicicletas, quadriciclos, triciclos e scooters elétricos como a Elemovi, as sofisticadas bikes elétricas importadas produzidas pela Specialized, um ônibus e um caminhão elétricos da Eletra e o primeiro carro-forte elétrico do mundo (do Grupo Protege).

Confira um resumo das atrações:

Stellantis

O gigantesco grupo automotivo que reúne diversas montadoras terá um estande próprio na feira. Nele serão expostos um carro da Fiat e outro da Peugeot. A Fiat lançou no mercado brasileiro, no mês passado, o modelo 500e, 100% elétrico. Ele será exposto em um evento brasileiro pela primeira vez. O Fiat 500 é um ícone global da indústria automotiva, que acaba de chegar ao mercado brasileiro completamente renovado, tanto em termos de design, tecnologia e conectividade quanto em sua mobilidade inteligente: totalmente elétrico em sua terceira geração. O veículo apresenta autonomia de 320 km. Testes realizados pela Fiat indicaram que o carro pode chegar a 460 km de autonomia rodando em condições ideais. O modelo da Peugeot será o novíssimo 208e-GT, cujo lançamento no Brasil vai ocorrer nas próximas semanas. Será a primeira apresentação do carro no Brasil.

Nissan

A Nissan terá um estande repleto de atrações e onde estarão em exposição dois Nissan Leaf, o carro 100% elétrico ícone mundial do segmento. Outras duas unidades do Nissan Leaf vão estar na área de test drive do evento e poderão ser experimentadas pelos visitantes. Para promover uma maior imersão dos visitantes no mundo da eletrificação e da mobilidade inteligente, o estande da marca japonesa terá atividades como bicicletas que produzem energia com o pedalar do ciclista, um gerador Van der Graaf – dispositivo que faz os cabelos da pessoa que o toca ficarem “eletrizados” – e o painel E-Switch, que permite conhecer os detalhes do Nissan Leaf, seus equipamentos e até customizar itens do modelo, tudo projetado em um telão de LED. A Nissan é pioneira mundial na fabricação de veículos elétrico em grande escala, sendo que até hoje o Leaf já teve mais de 500 mil unidades comercializadas em todo o mundo. O modelo também é um dos carros 100% elétricos mais vendidos do Brasil. Recentemente, a empresa anunciou a segunda fase de seu Plano de Eletrificação no Brasil, que inclui a ampliação da rede de concessionários que vende o Nissan Leaf de 7 para 44 lojas em todo o país, ações no campo da pesquisa e desenvolvimento e, ainda, de parcerias para desmistificar a mobilidade elétrica e apoiar a melhoria da infraestrutura local.

Tesla

Pela primeira vez no Brasil um carro elétrico da norte-americana Tesla participará de um evento no Brasil. Os carros da marca começaram a ser vendidos no Brasil em março deste ano, por meio d e uma representante brasileiro, a Osten Group. Em seu estande, a Osten vai expor o Model Y Performance, um SUV totalmente elétrico. Ele é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 3,7 segundos, tem potência de 456 cv e bateria com 480 km de autonomia. O modelo foi projetado para transportar até cinco adultos, combinando versatilidade e segurança, com desempenho superior na categoria. O carro é vendido no Brasil por R$ 780.000, mas está disponível também para locação, pelo valor de R$ 21.945 mensais (contrato de dois anos).

BYD

A BYD vai expor o furgão 100% elétrico eT3, um dos cinco veículos eletrificados mais vendidos do mercado brasileiro em 2021. O modelo tem autonomia de 300 km e sua bateria pode ser completamente carregadas em até duas horas. Ele possui capacidade para transportar até 720 kg de carga e espaço no compartimento para 3,3 mil litros.

Shineray

A Shineray fará três lançamentos no evento: as motos SE1, SE2 e SHE 3000 – que chegam às lojas entre novembro e o início de 2022. A Shineray levará cerca de 17 veículos, incluindo 10 modelos diferentes, entre scooters (derivados de patinetes elétricos, com 2.000 W de potência) e cicloelétricos de 2.300 W. O novo modelo SHE 3000 é um Street elétrico, com potência de 3.000 W, o que vai proporcionar um aumento de desempenho significativo em relação aos modelos atuais. A SHE 3000 tem autonomia de 120 km e atinge velocidade máxima de 80 km/h. As motos elétricas da Shineray custam entre R$ 7.390 e R$ 16.990 em Recife (PE). Suas vendas de elétricos tiveram início em janeiro de 2021 e devem atingir entre 8 e 10 mil veículos até dezembro.

Davinci Micromobilidade

Outro lançamento interessante do evento serão os patinetes da marca Davinci Micromobilidade.  Será a primeira apresentação ao público dos dois modelos que entram em pré-venda no dia 22 de setembro. A empresa é pioneira na fabricação e venda de patinetes elétricos específicos para mobilidade urbana, de alta qualidade, feitos no Brasil (em Manaus). O modelo mais simples, o DV1, por exemplo, custa R$ 5.499,00 e tem motor com 250 W e autonomia de 25 km.

Bull Motors

A Bull Motors comercializa motos elétricas desde 2015 com a marca Íon. A empresa possui três modelos (com preços entre R$ 11.499 e R$ 13.499), e todos serão expostos em seu estande. Os modelos Eko City e Eko Sport possuem potência de 1.200 W, enquanto o Eko Hunter tem 2.000 W. A empresa planeja vender 1.000 motos elétricas em 2021 e planeja atingir um volume de 4.400 unidades em 2024. Suas motos são montadas em Aparecida de Goiânia (GO), pelo regime CKD, num investimento de R$ 10 milhões. Mas a empresa está investindo mais R$ 10 milhões para iniciar a produção local de suas elétricas no Brasil a partir de 2022. Quando nacionalizadas, as motos deverão ficar até 20% mais baratas.

Grupo Protege

No ano em que completa 50 anos de história, o Grupo Protege apresenta uma inovação: o primeiro carro-forte 100% elétrico do mundo. São Paulo será a primeira cidade que vai ver de perto o projeto de sistema tração elétrico puro, que usa tecnologia nacional e foi desenvolvido em parceria com uma empresa centenária. Durante 18 meses, profissionais da Protege em conjunto com a Eletra Industrial, empresa especializada em transporte sustentável do grupo Auto Viação ABC, investiram mais de R$ 1 milhão no desenvolvimento do veículo blindado elétrico. Todo o projeto foi concebido para valorizar a sustentabilidade e ser uma alternativa para os próximos anos. O modelo foi estruturado em um chassi de carro-forte retirado de circulação, mitigando danos ambientais e incentivando o reaproveitamento de peças. Todos os elementos que não foram contemplados no novo projeto, como motor a diesel, por exemplo, foram destinados para reciclagem. O novo layout também foi elaborado para propiciar maior segurança, mobilidade e conforto a equipe de vigilantes. O protótipo conta com autonomia de 75 km, tempo de recarga plena de 2h30 e emissão zero de gases poluentes na atmosfera. Quando o veículo se encontra em operação, o sistema de baterias é continuamente recarregado pela tecnologia de frenagem regenerativa. Essa tecnologia amplia a autonomia do veículo e consome menos energia elétrica para o abastecimento.

Zletric

Dentro da eletromobilidade, um mercado que está no centro dos debates e vive grande crescimento é o de carregamento de veículos elétricos. Uma nova lei na cidade de São Paulo, por exemplo, obriga a instalação de carregadores de veículos elétricos e híbridos em edifícios residenciais e comerciais da capital desde 31 de março. Uma das empresas que fornece esses equipamentos é a Zletric, que estará expondo suas soluções e tecnologias na feira.

JBA Engenharia

Será exposto um veículo elétrico, o projeto eKar, construídos por alunos da Fatec. É um monoposto elétrico, feito totalmente com componentes nacionais.

Truckvan

A Truckvan é a maior fabricante de Unidades Móveis do Brasil e referência em Implementos Rodoviários para o segmento de pesados. A empresa também possui um amplo portfólio de produtos para locação e atua na área de soluções para proteção de dados e Tecnologia da Informação. A companhia conta com mais de 500 funcionários e está localizada em uma planta de 70 mil m² em Guarulhos (SP).

Congresso da mobilidade e veículos elétricos

Em paralelo à exposição “Veículo Elétrico Latino-Americano”, vai acontecer o “Congresso da Mobilidade e Veículos Elétricos” (C-MOVE). Este evento será realizado nos dias 22, 23 e 24 de setembro, das 9h às 18h. No primeiro dia, quarta-feira (22), às 8h30, vai acontecer a cerimônia de abertura do C-MOVE.

O C-MOVE será palco de 26 apresentações de, aproximadamente, 130 profissionais desse setor nos seus três dias - entre especialistas, profissionais da área, membros da academia, representantes de entidades do setor e autoridades governamentais.

Estão confirmadas as participações de dois secretários municipais de São Paulo. Ricardo Teixeira, Secretário Municipal de Mobilidade e Trânsito, estará presente no dia 23, às 16h45, do painel “Desafios do uso da eletromobilidade no transporte público”. Já o Secretário Municipal de Urbanismo e Licenciamento, César Azevedo, participará no dia 24, às 11h45, do painel “Políticas públicas na redivisão dos espaços de uso público, absorvendo os novos modais”.

As apresentações poderão ser acompanhadas presencialmente ou pela Internet.

Dia da mobilidade urbana

Outra atração, no dia 25, a partir das 8h, será o “Dia da Mobilidade Elétrica”. Será um passeio de veículos elétricos pela cidade, cruzando a Avenida Paulista e chegando até o Estádio do Pacaembu. Para participar, gratuitamente, o público pode se inscrever no endereço www.diadamobilidadeeletrica.com.br/quero-participar.

Mais informações em www.velatinoamericano.com.br.

 

 

Mais fotos

Clique na foto para ampliar